Biblioteca

Biblioteca

Sistema Integrado de Bibliotecas

Editora da Universidade Estadual da Paraíba amplia processo de parcerias e expansão de livraria

27 de Janeiro de 2017

O processo de expansão da Editora da Universidade Estadual da Paraíba (EDUEPB) foi iniciado no ano de 2016 e não para de crescer. Depois de começar o projeto pioneiro de ampliação, com a instalação de uma livraria no Centro de Ciências Exatas e Sociais Aplicadas (CCESA), no Câmpus VII de Patos, os próximos locais que também ganharão esse espaço serão o Centro de Humanidades (CH), no Câmpus de Guarabira, e o Centro de Ciências Humanas e Agrárias (CCHA), Câmpus instalado na cidade de Catolé do Rocha. A intenção é chegar a todos os câmpus da Instituição até o final deste ano.

Além da chegada da livraria da EDUEPB nas demais unidades da Universidade Estadual, o projeto também contempla parcerias firmadas com faculdades privadas dos estados da Paraíba e do Rio Grande do Norte. Recentemente, o diretor da EDUEPB, professor Luciano Nascimento, acompanhado do diretor adjunto, professor Antonio Roberto Faustino, firmaram parceria com a Faculdade de Ensino Superior da Paraíba (FESP) para a EDUEPB abrir uma livraria no câmpus da Faculdade, instalada no 3° andar do Manaíra Shopping, em João Pessoa. Por parte da FESP estiveram presentes na reunião o presidente fundador e diretor, professor Luiz Henrique; a diretora da Revista FESP, professora Socorro Menezes; e o coordenador da proposta do curso de Mestrado em Direito da FESP, professor Alexandre Belo.

Essa parceria envolverá, além da abertura da livraria, também a publicação em e-book e livro físico, pela EDUEPB, das produções de iniciação científica e das pós-graduações da FESP. A EDUEPB também contribuirá para o processo de publicação das produções do Mestrado em Direito da FESP, que está sendo implementado. De acordo com o professor Luciano Nascimento, esse modelo de parceria está sendo discutido com outras Instituições de Ensino Superior, como a Faculdade Santa Maria (FSM), de Cajazeiras, e a Faculdade Internacional da Paraíba (FPB), em João Pessoa. Já em Natal, no Rio Grande do Norte, as conversas estão sendo mantidas com a Faculdade Natalense de Ensino e Cultura (FANEC).
Texto: Givaldo Cavalcanti